PF prende na Nova Mossoró suspeito de armazenar e compartilhar imagens de abuso sexual infantil

A Polícia Federal cumpriu na manhã desta terça-feira, 14 de junho de 2022, no Conjunto Nova Mossoró, em Mossoró, um mandado de busca e apreensão visando combater crimes de armazenamento e compartilhamento de imagens e vídeos com cenas de abuso e exploração sexual infantil. 

A ordem judicial foi expedida pela 3ª Vara Criminal da cidade de Mossoró. Durante as buscas foram encontrados no celular do investigado inúmeros arquivos com cenas de violência sexual contra crianças, motivo pelo qual ele foi preso em flagrante incurso no crime previsto no Art. 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente.

O homem que não teve o nome divulgado, foi conduzido para os procedimentos de autuação na sede da Delegacia da Polícia Federal no bairro de Nova Betânia.

Após os procedimentos, seguiu para a Cadeia Pública Juiz Manoel Onofre de Sousa, em Mossoró, onde aguardará o pronunciamento da Justiça. Caso venha a ser posteriormente condenado a pena é de 1 a 4 anos de reclusão.

O material apreendido agora passará por análise da perícia para saber se o envolvido além de armazenar, também compartilhava tais arquivos através da internet, bem como se teria produzido as imagens e vídeos encontrados em seu aparelho. Caso isso se confirme, ele também responderá pelos crimes previstos nos artigos 241-A do ECA e 217-A do Código Penal.

Nenhum comentário:

FORMULÁRIO DE CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *