Vigilante é preso após matar cachorro na Nova Mossoró

Um vigilante de 31 anos de idade foi preso no final da tarde de segunda-feira, 16 de maio de 2022, acusado de matar um cachorro da raça "American Bully", ocorrência registrada na Rua Bentley, no bairro Nova Mossoró.

Segundo informações, o cachorro invadiu a residência correndo atrás de outro animal e teria derrubado a mulher do vigilante, grávida de 06 meses. Ainda segundo o vigilante, o animal invadiu o quarto de uma criança de 06 anos, filho casal e revirou toda casa, deixando para trás, marcas de sangue dentro da residência. 

Os vizinhos prestaram socorro a mulher e acionaram uma equipe do Corpo de Bombeiros para fazer a contenção do animal.

O vigilante, que desenvolve a profissão há 11 anos, disse que, quando chegava em casa do trabalho e tomou conhecimento da situação, ficou desesperado, sacou sua pistola e atirou no animal que morreu na hora. Ele foi preso e conduzido a delegacia de plantão em Mossoró.

Segundo o Delegado Valtair Camilo, a morte do cachorro se constitui crime de violência contra animais com pena de 05 anos de reclusão, com o acréscimo de um terço da pena, tendo em vista que o animal morreu..

O vigilante foi encaminhado para exames de corpo de delito no Itep e se encontra na cadeia pública a disposição da justiça.

A equipe de plantão no Itep em Mossoró foi acionada para o local e segundo o perito criminal Denis Orosco, o procedimento é apenas para constatar a violência contra o animal. 

 o Câmera 

Nenhum comentário:

FORMULÁRIO DE CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *