Governo planeja expansão do Samu para atender Oeste e Médio Oeste Potiguar

Expandir o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para atender todo o Oeste e Médio Oeste Potiguar é o objetivo do trabalho planejado pelo Governo do Estado. O plano para ampliação da política pública de saúde foi discutido em reunião que aconteceu na tarde desta terça-feira (3), em Mossoró. 

A expansão está prevista para acontecer até agosto. "Há demanda por parte dos gestores, é o desejo por parte da população. E nosso governo tem por princípio garantir a expansão e o fortalecimento do SUS no Rio Grande do Norte. Para isso, tem passos concretos nessa área, como a expansão do Samu. Já expandimos o serviço na região do Potengi, instalamos uma base em Patu e hoje as tratativas com as prefeituras da região para expandir nesta região. É um serviço muito importante e fundamental que traz a missão de salvar vidas, quanto mais o Samu estiver perto das pessoas, maiores são as oportunidades de cuidarem da saúde e salvar mais vidas", disse a governadora Fátima Bezerra. 

Com sede no município de Patu, atualmente o serviço atende onze municípios do Médio Oeste, beneficiando aproximadamente 70 mil potiguares que vivem naquela área. O Samu em Patu funciona com a cooperação entre Governo do Estado, representado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública, e municípios. A gestão estadual garante a ambulância de suporte básico e sua manutenção, além de insumos, equipamentos de proteção individual (EPIs), medicamentos, treinamentos e certificações. Os municípios são responsáveis pela escala de recursos humanos. 

"A expansão representa mais acesso para a população, mais saúde, representa salvar mais vidas. Em dezembro implantamos a base em Patu e nos próximos dias estaremos expandindo a cobertura para mais municípios, de forma que até agosto estaremos com cobertura de quase 100% na região", explicou Lyane Ramalho, secretária-adjunta da Sesap,

Transformação do Samu no RN: "Podemos considerar que não temos mais vazios assistenciais"

No início do governo em 2019, o serviço cobria 64 municípios com aproximadamente 1,4 milhão de pessoas cobertas. Hoje, o Samu chega a 88 municípios, atendendo 1,7 milhão de habitantes, com um serviço mais estruturado. 

Foram incluídas duas novas regiões na cobertura: Potengi, com onze municípios e 110 mil habitantes, e Médio Oeste, com a mesma quantidade de municípios.  "Então, hoje pode-se dizer que o Samu do Rio Grande do Norte chega em todas as regiões. Não temos atualmente vazios assistenciais, pois todos os municípios contam uma base do Samu em até 80 km de distância", completou Ramalho.

Nenhum comentário:

FORMULÁRIO DE CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *