Polícia Civil prende suspeito de explodir agência bancária em Lajes

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), em ação conjunta à Polícia Rodoviária Federal, prenderam, na ultima quarta-feira (30), Jailson Francisco Marinho Neto, de 27 anos. Ele foi detido, em uma granja, localizada na zona rural de Ceará-Mirim, pela suspeita de integrar o grupo investigado por explodir uma agência bancária e incendiar uma viatura da Polícia Militar do Rio Grande do Norte (PMRN), no município de Lajes. Na ocasião, foram apreendidos: um revólver calibre .38, celulares, dinheiro, roupas camufladas e chapéus idênticos aos utilizados pelos suspeitos na ação, motivo pelo qual ele foi autuado em flagrante pela suspeita da prática dos crimes de tentativa de latrocínio, receptação, organização criminosa e porte de uso de arma restrito e de artefato explosivo. 

Ainda durante as diligências, iniciadas nesta quarta-feira (30), e que ainda estão em andamento, um veículo da marca Chevrolet, modelo Astra, de cor preta, foi interceptado na rodovia RN-304, na altura do município de Riachuelo. Na ocasião, houve reação por parte dos suspeitos, que conseguiram fugir; um dos suspeitos de integrar o grupo criminoso, Marcos Antônio, mais conhecido como "Irmão Marcos", 43 anos, foi atingido por disparos de arma de fogo e não resistiu aos ferimentos. Com ele, que já respondia a um processo criminal por homicídio e estava em regime aberto, foi apreendida uma pistola Glock, calibre 9mm, uma balaclava e o veículo utilizado para a fuga.

A Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado informa que permanece em diligências sobre o caso. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181, ou dos números da DEICOR: (84) 3232-2862 e/ou (84) 98135-6796 (WhatsApp).

Nenhum comentário:

FORMULÁRIO DE CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *