Militares da Polícia Rodoviária Estadual estão trabalhando com fome em Mossoró e Pau dos Ferros


A Associação de Praças da Polícia Militar de Mossoró e Região (APRAM) recebeu inúmeras denuncias de policiais informando que há vários dias estão sem alimentação em razão do término de contrato de empresa que fornecia refeições para o 2º DPRE (Mossoró) e 4° DPRE (Pau dos Ferros).

Parece filme repetido, mas é a realidade. Policiais se alimentando de favor em restaurantes, em hospitais ou nas mãos de prefeituras. Tudo porque o governo do Estado há tempos promete e não resolve a questão da alimentação dos profissionais que diuturnamente protegem a população.

Além dos policiais do interior do RN, os da capital do estado também estão nessa mesma situação. Na última sexta-feira (05) os policiais do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) foram surpreendidos durante o expediente pela notícia de que o contrato com a empresa que fornecia alimentação havia sido encerrada, e desde então vem se mendigando alimentação para o efetivo que está de serviço.

A Associação dos Cabos e Soldados da PMRN entrou em contato com a Secretária de Segurança que informou que estava tentando junto ao Detran resolver o problema, mas até o momento nada foi resolvido.

Nenhum comentário:

FORMULÁRIO DE CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *