Funcionário de loja em Mossoró é suspeito de desviar mais de 1.500 peças de roupas

O funcionário de uma loja de roupas com atuação em Mossoró está sendo acusado pela empresa do qual era empregado de ter desviado entre 1.500 e 2.000 peças. A loja, uma franquia de uma rede nacional, ainda não calculou quanto foi o prejuízo até agora.

De acordo com o delegado que investiga o caso, o acusado não foi preso porque apresentou várias alegativas para o fato que afastam a possibilidade de prisão em flagrante.

A empresa acusa o funcionário de ter desviado as peças e estar vendendo-as em comércio próprio. O acusado, por sua vez, alega ter créditos trabalhistas para receber. A Delegacia de Furtos e Roubos (DEFUR) segue acompanhando o caso para chegar a uma conclusão sobre o que realmente se trata.

Por Pedrina Oliveira

Imagem: Gilli Maia

Nenhum comentário:

FORMULÁRIO DE CONTATO

Nome

E-mail *

Mensagem *